Arquivo do Autor

h1

Pole Dance: Mais do que uma dança, um esporte

01/05/2011

Por Gabriela Valente


Confira a matéria que fiz para o Limão sobre Pole Dance!

Conte-nos sobre suas dúvidas e sugestões pelo e-mailblogpuravolupia@gmail.com e siga o @pura_volupia no Twitter

h1

Exclusivo! Pura Volúpia fala com ex-BBBs

27/04/2010

Tudo que é bonito é para se mostrar?

Por Gabriela Valente

Para ganhar a vida (e garantir o leitinho das crianças), a repórter que vos fala costuma fazer jornada dupla. Além de dar duro na faculdade e aqui, no Pura Volúpia, a mocinha de apenas 1,50 m trabalha para o canal de entretenimento do portal MSN Brasil – o Famosidades – e, na noite da última segunda-feira (26) fui para mais uma missão Famosisística: Empunhei meu microfone e fui, ao lado do meu fiel cinegrafista, Léo, cobrir a festa de lançamento do ensaio fotográfico que a ex-BBB Fernanda Cardoso fez para a edição de abril da revista “VIP”.

Neste momento, caro leitor, você deve estar se perguntando: “Mas que raios isso tem a ver com o Pura Volúpia?” Logo explico! Nestas aventuras de Famosigirl, costumo ir a muitos lançamentos de revistas masculinas e, entre uma pauta e outra, uma dúvida me surgiu: O que mulheres comuns pensam sobre posar nua?

Sabemos que muitas mulheres – por vaidade, fetiche, desejo de se sentir bonita, dentro outros motivos – sonham em se ver nas páginas de revistas como “Playboy” e “VIP” ou, pelo menos, tirar algumas fotografias em poses sensuais.

Ferjavascript:;nanda Cardoso posou só de lingerie para a revista "VIP" de abril

Este era o caso da fofíssima Fernanda (que foi muito atenciosa e até beijinho me deu! Morram de inveja, rapazes!). A loira, que antes de ingressar para a décima edição do “Big Brother Brasil 10”, era uma dentista anônima da cidade de São José dos Campos, costumava sonhar com seu ensaio sensual para a “Playboy” e comentava sobre o assunto no confinamento (Sim! Além de ir em festas de altitissímo nível, eu também sou paga para assistir reality shows! Just love my job!). No entanto, assim que saiu da casa, Fernanda parou para pensar em sua carreira e mudou de opinião. Fê recusou o convite da “Playboy”.


Durante uma breve entrevista (leia a entrevista na íntegra aqui e assista ao vídeo aqui), a bela me contou que percebeu a repercussão que seu ensaio nu teria, quando recebeu um telefonema da publicação para a qual ela tanto desejava posar e acabou optando por um ensaio menos apelativo.


“Quando eu vi que era real, eu falei: ‘Nossa, isso realmente pode acontecer’. Daí, você para e pensa: ‘Será que eu quero mesmo?’ E não era o ideal. Na ‘Playboy’ aparece tudo, né? E a ”VIP” é diferente. Foi o Márcio [Scavone, fotógrafo que clicou a moça] quem me deixou tranqüila mesmo. Comecei fazendo as fotos só com ele e ele me deixou muito a vontade”, disse ela.

Pois bem, Fernanda realizou um ensaio sensual e muito elegante vestindo apenas lingerie. Em uma ou duas fotos, a loirinha aparece com uma transparência que revela seus seios, mas não é nada vulgarizado.


A preocupação de Fernanda é válida e muitas mulheres pensam como ela. Para a jornalista A.C., de 21 anos, o dinheiro é um grande atrativo na hora tomar uma decisão deste tipo, porém, se você tem uma imagem a zelar, o custo pode ser mais alto.


“Não acho errado que ex-BBBs, por exemplo, posem nuas. Elas estão aproveitando uma oportunidade para ganhar uma quantia em dinheiro que pode mudar suas vidas. Mas, dependendo da situação. Em profissões onde existe uma credibilidade em jogo, isso pode ser prejudicial”, opinou.


Além de Fernanda, outra ex-BBB se viu em um dilema deste tipo. Cláudia Colluci – que também esteve no evento em questão – recebeu um convite para posar ao lado de sua ex-colega de confinamento, Angélica. Na ocasião, a própria equipe da revista “Playboy” declarou que a capa da dupla seria “um sonho” e bateria recordes de venda, mas Cacau ficou com receio. Em um primeiro momento, a moça recusou o convite e posou sozinha para a publicação. Foi só nos últimos dias que a bela repensou a proposta e acabou aceitado o convite.


“Eu comecei a mudar de idéia eu pensei: ‘Poxa, é um trabalho e a Morango [Angélica] é minha amiga’. Eu tive a certeza de que eu posaria com ela depois que as minhas fotos saíram. Foi um trabalho tão tranqüilo, tão profissional. Claro que um bom cachê também contou”, contou Cacau.

Muita gente pode – e vai – dizer que o caso citados acima são diferentes, pois as duas celebridades com quem conversei estão aproveitando a fama instantânea para capitalizar. Mas não é bem assim que a coisa funciona.


Basta dar uma voltinha pelas redes sociais que você verá meninas comuns exibindo suas belas formas gratuitamente na internet. Vários fatores, como a facilidade de se publicar este tipo de material, podem explicar tais ações, mas elas não sempre iram girar em torno de uma simples palavra: vaidade.


“Se a vontade de se sentir bonita pode levar alguém a se submeter a cirurgias plásticas radicais, qual o problema em se ver em fotografias bem tiradas? Na minha opinião, os ensaios profissionais que não pesam para a vulgaridade ficam lindíssimos e o Photoshop resolve os nossos problemas”, falou a estudante de publicidade E.F., 20 anos.


Para concluir, eu até me arrisco a dar uma de psicóloga e dizer: se é que te faz bem, então faça poses sensuais. Mas o bom senso é sempre bem-vindo. Ninguém quer dar uma de Daniella Cicarelli ou ver sua bela foto de lingerie – tirada no espelho de casa – ir parar em um site pornô, não é?

Conte-nos sobre suas dúvidas e sugestões pelo e-mail blogpuravolupia@gmail.com e siga o @pura_volupia no Twitter!

h1

Pesquisa diz que pílula melhora vida sexual

20/04/2010

Por Gabriela Valente

Uma pesquisa realizada pela Febrasgo – Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia – revelou que o uso de pílulas anticoncepcionais pode melhorar a vida sexual de mulheres. De acordo com o estudo, a redução do risco de gravidez a níveis mínimos deixa as mocinhas psicologicamente mais relaxadas e, assim, elas se entregam com mais facilidade ao prazer.

500 usuárias de pílula anticoncepcional entre 15 e 45 anos foram ouvidas durante a pesquisa. As participantes residem em cinco capitais brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre) e fazem parte das classes A e B.

De acordo com Gérson Lopes – ginecologista e presidente da Comissão Nacional de Sexologia da Febrasgo -, além de querer evitar uma gravidez não planejada, a mulher moderna faz uso da pílula para melhorar a pela e os cabelos, já que os hormônios contidos no medicamento podem promover tais efeitos.

O mito de o anticoncepcional diminuiria a libido das mulheres também foi contestado durante o estudo. A pesquisa apontou que 72% das entrevistas não sentiram alteração no desejo sexual após iniciar o uso de pílula e 11% afirmaram que a libido até aumentou (nada como afugentar o fantasma da gravidez, heim?).

No entanto, a pílula anticoncepcional não é eficaz na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. De nada adianta ficar tranqüila por evitar uma possível gestação indesejada correndo o risco de contrair alguma DST, então, o preservativo continua sendo a melhor opção para quem deseja praticar sexo seguro.

Leia mais: Conheça métodos contraceptivos para sexo saudável e responsável

Conte-nos sobre suas dúvidas e sugestões pelo e-mail blogpuravolupia@gmail.com e siga o @pura_volupia no Twitter!

h1

Erótika Fair promove mostra de arte

13/04/2010

Por Gabriela Valente  

A 16ª edição da Erótika Fair, feira de artigos eróticos realizada em São Paulo, inovou mais uma vez. Além de trazer as grandes novidades do setor, o evento passou a investir em arte (Sim! Em arte!). A fim de promover a produção cultural inspirada na sexualidade, a organização do evento convocou mais de 40 artistas para participar da Mostra Erótika Arte.  

 

 

Obra assinada pela estudante norte-americana Melanie Maynard

 Cerca de 95 trabalhos estão expostos em um galpão que fica ao lado da área dedicada às  empresas do mercado erótico. Os trabalhos vão desde pinturas – com imagens de nu ou até mesmo de atos sexuais – à performances teatrais e de dança.  

 

Pintura feita pelo artista plástico Eduardo Garofalo

  

As obras circundam o tema “a eternidade da carne” e pretendem celebrar o desejo erótico. Para a coordenadora da mostra, a designer Clarissa Reche, a exposição também é uma forma de reafirmar o fim dos momentos históricos de repressão sexual.  

Ilustração feita pelo designer Rafael Nobre

  “Durante a história da humanidade, passamos por diversos mecanismos de controle, como as religiões e os estados, onde um dos instintos mais difíceis de domar e disciplinar continuam sendo o sexual, força que move e destrói, que une e separa. Mas a carne é eterna e o desejo, o instinto, prevalece. Então, festejemos a eternidade da carne, a eternidade do desejo e do erótico sem qualquer tipo de contenção com o que temos de mais eterno, festejemos a eternidade da carne com arte”, disse ela. 

 

Obra assinada pelo estudante de artes Rodrigo Acosta

 Alguns dos trabalhos expostos na feira podem ser conferidos no site oficial do evento. A Erótika Fair acontece até o dia 18 de abril no Mart Center (Rua Chico Pontes, 1500 – Vila Guilherme, São Paulo), das 15h às 23h. A entrada é vetada a menores de 18 anos e o acesso ao pavilhão comercial é gratuito. No entanto, a entrada no espaço “Hot”, onde acontecem shows e performances, custa R$ 50.  

Conte-nos sobre suas dúvidas e sugestões pelo e-mail blogpuravolupia@gmail.com e siga o @pura_volupia no Twitter!

h1

Glossário

11/04/2010

Para esclarecer determinados termos e expressões do mundo sexual, o Pura Volúpia criou um Glossário. Neste post fixo – lozalizado na sessão páginas do menu ao lado -você encontrará uma breve definição sobre aquelas palavrinhas que têm o poder colocar um ponto de interrogação em nossas cabeças. Enjoy!

 

Conte-nos sobre suas dúvidas e sugestões pelo e-mail blogpuravolupia@gmail.com e siga o @pura_volupia no Twitter!

h1

Enlarge! Conheça técnicas de aumento peniano

06/04/2010

Por Gabriela Valente

Quem está acostumado a navegar pela internet já deve ter visto anúncios de aparelhos que prometem dar um upgrade no órgão genital dos rapazes e muita gente pode ter se interessado pelos tais links. Pensando em quão atrativo poderiam ser estas promessas, a revista Playboy do último mês de março publicou uma lista com os principais métodos de “alongamento” peniano existentes no mercado.

As técnicas vão desde massagens e exercícios até intervenções cirúrgicas bastante complexas. O método que é mais divulgado pela rede mundial de computadores é através de uma bomba sucção que, a princípio era usada para tratar impotência sexual forçando o sangue a voltar para a região. No entanto, o uso deste aparelhinho pode causar acumulo de liquido nos tecidos penianos, danos nos vasculares e até disfunção erétil (ou seja, incapacidade de manter o instrumento da garotada em posição de ação).

Bomba peniana disponível no mercado por cerca de R$ 90

 Certos exercícios, como o uso de pesos pendurados ao pênis e massagens com compressa quente também estão entre os métodos mais usados e mais antigos para aumentar alguns milímetros na região genital. Porém, tais práticas devem ser feitas com cuidado, pois podem provocar graves lesões – como estrangulamento peniano, fratura dos corpos cavernosos, rompimento de vasos sanguíneos, perda de sensibilidade e a temida disfunção erétil.

Os procedimentos cirúrgicos também não são os mais seguros de todos. A faloplastia – cirurgia que promove a separação do ligamento que prende o pênis à púbis e colando parte da haste peniana para fora da região pélvica – pode deixar cicatrizes bastante evidentes e causar retração do órgão sexual. A colocação de uma espécie de enxerto entre a pele e o músculo que recobre o corpo peniano é eficiente para aumentar a espessura do órgão. No entanto, substâncias sintéticas podem ser rejeitadas pelo corpo causando necroses (morte de tecidos no organismo vivo) na região.

Ilustração representativa da anatomia peniana

A lipoaspiração da região pubiana pode promover a sensação de alongamento por remover uma camada de gordura que cobre parte da base peniana, deixando o pênis mais evidenciado. Os riscos deste tipo de cirurgia são os mesmos de qualquer outra lipoaspiração e o procedimento deixa cicatrizes nada discretas.

Extensor peniano disponível no mercado por R$ 250

Um dos métodos mais eficientes para o aumento no comprimento peniano e o uso de extensores, elásticos ou de metal, na base da glande. A prática costuma ser indicada para a correção da doença de Peyronie (surgimento de calos fibrosos no corpo peniano) e promove pressão no órgão fazendo com que ele cresça (!). Um estudo publicado pelo “Bitish Journal of Urology International” mostrou que voluntários que usaram o método durante seis meses obtiveram aumento de 32% no comprimento de seu pênis em estado flácido e uma melhora de 36% na qualidade da ereção. Contudo, a técnica pode provocar dores e deve ser praticada sob supervisão médica para evitar traumas e fibroses.

Mesmo com a comprovação de eficácia de alguns destes métodos, certas práticas podem parecer complexos e perigosos. No entanto, ainda existem alternativas mais seguras para quem quer aumentar sua autoestima. É possível administrar doses hormonais em pacientes que ainda no início da puberdade para o aumento peniano. A técnica não surte o mesmo efeito em homens adultos, mas é indicada em muitos casos.

 

Além disso, a velha e boa tesoura pode ajudar aqueles que desejam ver seu amiguinho crescer. Aparar os pelos que contornam a região genital pode promover um efeito semelhante ao da lipoaspiração pubiana. A remoção destes pelos deixam à mostra parte da base peniana evidenciando o tamanho do órgão – apenar tome cuidado para não se ferir ou decapitar o pobre coitado.

Conte-nos sobre suas dúvidas e sugestões pelo e-mail blogpuravolupia@gmail.com e siga o @pura_volupia no Twitter!

h1

Pelos, como tê-los???

15/03/2010

Por Gabriela Valente

Todo mundo – com exceção das criancinhas e de pessoas com patologias específicas – tem pelos na área genital. Durante muito tempo, ninguém se importa muito com os tais pelinhos até que o individuo se torne sexualmente ativo e, daí, bate aquela dúvida: Depilar ou não depilar?

A depilação íntima é mais comum entre as mulheres e pode ser feita de várias formas e com muitas técnicas diferentes, como laser, cera quente ou a velha lâmina de barbear. No Brasil, a prática da depilação bem cavada e feita com cera quente é tão popular que, no exterior, ganhou o nome de Brasilian Wax.

Além de facilitar a higiene íntima, as virilhas lisinhas agradam boa parte dos marmanjos. O músico P.G., 21 anos, falou com o Pura Volúpia sobre suas preferências e disse que este tipo de depilação realmente mexe com a cabeça dos rapazes.

“Rola uma tara por meninas totalmente depiladas, mas se não precisa estar tudo sem pelos. Se a depilação não for completa, mas feita direitinho, é ótimo também”, falou.

No entanto, nosso amigo P.G. disse que tem colegas que se incomodam com os tais “pentelhos” na hora de praticar sexo oral. “Não tenho problemas com isso, mas conheço caras que dizem que os pelos atrapalham”.

Mas alguns cuidados devem ser tomados com essa história de depilar tudo. Em entrevista ao canal feminino do portal Terra, o ginecologista Eliano Pellini – chefe do setor de saúde e medicina sexual da Faculdade de Medicina do ABC – contou que a depilação total realmente não é aconselhada, pois os pelos protegem a região pubiana de possíveis infecções.

“A recomendação é depilar três dedos acima do clitóris e deixar dois dedos nas laterais. Os pelos não podem ser muito curtos, por isso, devem ter dois dedos de altura”, explicou.

Molde de coelhinho para depilação artística


Quem não pretende se aderir à vulva carequinha também não precisa se desesperar. As diferentes formas de “corte”, também podem ser um atrativo na hora “H”. A chamada depilação artística vem ganhando cada vez mais adeptas nos salões de beleza e clinicas de estética.

A técnica consiste em fazer desenhos na área pubiana com moldes de cera. Isso mesmo. Dá para fazer estrelinha, coraçãozinho e muito mais – afinal, tudo é válido na hora de apimentar a relação.

Estes são os modelos oferecidos pelo salão O Barbeiro de Meu Pai


E por falar em apimentar, quem anda de olho nas técnicas de depilação são eles; os homens. Não é muito comum encontrar um garotão que encare as puxadas de uma sessão de cera quente, mas, como os rapazes estão familiarizados à lâmina de barbear, eles raspão mesmo!

Além de dar a impressão de que o pênis do garotão está “maior”, a depilação masculina também da uma sensação de higiene. A jornalista T.F., 24 anos, nos disse que aprova os cuidados com a área genital, mas não é muito a favor da depilação total nos rapazes.

“Tirar tudo já é demais, pois perde um pouco a masculinidade. Mas muito peludo chega a ser anti-higiênico”, afirmou.

E ai, qual a sua preferência quando o assunto é depilação?

Conte-nos sobre suas dúvidas e sugestões pelo e-mail blogpuravolupia@gmail.com  e siga o @pura_volupia no Twitter!