h1

Inocência perdida

23/04/2010
Por Daiana Ferreira
 
As pulseiras de silicone que hoje são moda em diversos países, deixaram de ser um símbolo de beleza e inocência e se tornaram um perigo para crianças e adolescentes 

Muitas meninas, hoje mulheres, se lembram de que em algum momento de suas vidas usaram ou viram alguma coleguinha da escola usar as famosas pulseirinhas de silicone que embelezaram os punhos das meninas e hoje, muitos meninos, também aderiram o acessório que outrora era utilizado apenas por meninas. Magdalena Pintone disse a nossa reportagem que sempre usou as pulseiras e diz “uso desde quando eu tinha treze anos e vou continuar usando, não vejo nenhum problema”. (Obs.: Quando a entrevistamos ela estava usando várias pulseiras na cor preta.

 
Mas a inocência está perdida. As inofensivas pulseirinhas estão deixando muita gente preocupada e muitos pais de cabelo em pé. As cores das pulseiras deixaram de ser sinônimo de variedade e beleza, e passaram a ter conotação sexual. Os significados das cores vão desde um simples abraço (cor amarela) até um ato sexual (cor preta) entre adolescentes e crianças.

A brincadeira com as cores da pulseira surgiu entre os adolescentes ingleses e logo pegou no Brasil. O jogo funciona assim: quem arrebentar a pulseira de um colega, em direito de ganhar um prêmio, que é definido pela cor da pulseira arrebentada.  

Por ter tido grande repercussão nas escolas públicas e particulares de ensino Fundamental e Médio, diversas escolas estão orientando seus alunos sobre o significado de cada pulseirinha e muitos Estados do Brasil já estão proibido à venda do acessório. Um exemplo de ação direta contra a compra e a venda dos acessórios é a capital do Rio Grande do Norte, Natal, que já proibiu o uso das pulseiras no interior das escolas públicas.

O acessório é vendido por camelôs e lojas de bijuterias, e têm cada vez mais preocupado pais, professores e autoridades policiais e políticas. “A escola em que meu neto estuda explicou para os alunos o significado das cores de cada pulseirinhas e quando meu neto chegou em casa ele mesmo jogou fora e ele passou a não usá-las.” disse Maria de Lima, 64 funcionaria publica aposentada.


Políticos também estão se movimentando para proibir a venda das pulseirinhas do sexo em seus Estados. Os diversos projetos de lei estão sendo feitos e aprovados para levar a cabo a da venda das pulseirinhas. Segue a baixo um projeto de lei de Chapadão do Sul/MS.

ARTIGOS E PARAGRÁFOS DA LEI:

Art. 1º Fica proibido o uso de pulseiras coloridas conhecidas como “SNAPS”, por crianças e adolescentes, no interior dos estabelecimentos de Ensino da Rede Pública e Privada do Município de Chapadão do Sul/MS.

Art. 2º O corpo docente das instituições de ensino públicas e particulares, deverão promover reuniões com os pais dos alunos, orientando-os a respeito do alcance da presente Lei e dos efeitos nocivos que a conotação sexual dada a tais pulseiras tem causado nas relações e no comportamento de crianças e adolescentes em todo o País.

Art. 3º As instituições de ensino públicas e particulares deverão adotar medidas preventivas de orientação sobre educação sexual e planejamento familiar, com freqüência obrigatória dos alunos e seus progenitores ou responsáveis legais.


Art. 4º A Secretaria Municipal de Saúde, através de ação conjunta entre as instituições de ensino públicas e particulares, oferecerá pessoal qualificado e o material necessário para o bom desenvolvimento das ações previstas nesta Lei.


Art. 5º A desobediência do disposto na presente Lei pela direção da Rede Pública de Ensino, acarretará sanção administrativa através do órgão competente.


Art. 6º A desobediência do disposto na presente Lei pela direção da Rede Particular de Ensino, acarretará às seguintes sanções:
I – Advertência;  

II – Multa de R$ 500,00 a R$ 2.000,00;
III – Suspensão do alvará de funcionamento por 30 (trinta) dias;
IV – Cassação do Alvará de Funcionamento.

Parágrafo Único – Os valores das multas estabelecidas nesta lei, serão atualizados com base na variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E), nos termos da Lei n. 3.829, de 14 de dezembro de 2000, ou por outro indexador que vier a substituí-lo ou modificá-lo por força de Lei.


Art. 7º O Poder Executivo regulamentará esta Lei no prazo de 30 (trinta) dias.
Art. 8º Esta Lei entra

 em vigor na data de sua publicação. O vereador Abel Lemes criou um projeto onde pede a proibição SNAPS em escolas públicas e particulares de Chapadão do Sul.

 

» Amarela é a melhor porque significa das um abraço no rapaz;
» Laranja significa uma “dentadinha do amor”;
» Roxa – já dá direito a um beijo com língua;
» Cor-de-rosa – a menina tem de lhe mostrar o peito;
» Vermelha – tem de lhe fazer uma lap dance (dança erótica);
» Azul – fazer sexo oral praticado pela menina (”boquete”);
» Verdes – são as dos chupões no pescoço;
» Preta – significa fazer sexo com o rapaz que arrebentar a pulseira;
» Dourada fazer todos citados acima ou sexo oral simultâneo (“meia-nove”);
» Marrom – sexo escatológico (“brown shower”);
 » Listrada– sexo na posição “frango assado”;
» Grená – Sexo anal sem lubrificante;
» Transparente – sexo com parentes co-sanguíneos;

Obs: O que é uma lap dance?

Uma “Lap Dance” é um tipo particular de dança erótica, que normalmente é praticada em bares de strip. Nesta dança, o homem está sentado enquanto a bailarina executa a dança a curta distância, em top-less ou até mesmo nua.
Poderá haver contacto físico ou não, dependendo do bar e da localidade, porque em algumas regiões e países, é proibido o contacto físico da bailarina com o cliente.

 Obs: Sexo escatológico?

Estudo sobre os excrementos, ou seja, tudo que os animais expelem por vias naturais, fezes. 

Conte-nos sobre suas dúvidas e sugestões pelo e-mail blogpuravolupia@gmail.com e siga o @pura_volupia no Twitter!

2 comentários

  1. Um pouco pesado demais esses tipos de sexo né ?!
    eu quando pequena usava todas elas e não pensava assim não hehehehe !!!
    é a modernidade, crianças usam pulseiras do sexo e adultos colecionam álbum de figurinhas da copa ! kkkkkk



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: