h1

Deguste (uhmmm)

08/04/2010

Por Juliana Lumi

Caro leitor, caso sua relação não esteja muito ao seu agrado, ou melhor, decaída, murcha, brochada, mais pra lá (da cama) do que pra cá, eis um post que irá ajudar nesses seus momentos difíceis. Pois é, leitor, quem sabe uma ajudinha não possa fortalecer a sua relação? Como já vimos, existem “n” formas de dar um up em seu relacionamento, mas ainda não falamos daqueles objetos que encontramos nas lojas especializadas em artigos eróticos, conhecidas (popularmente) como Sex Shop. Pois é, tais peças podem te dar uma mãozinha (he-he-he) na sua relação sexual. Entretanto, leitor, existem tantos produtos que tivemos que especializar em um determinado tipo. Então, hoje, discutiremos sobre os objetos sexuais comestíveis.

Um pouco de conhecimento…
Para aqueles que não sabem, comer ocasiona prazer (em todos os sentidos).
Segundo a nutróloga Paula Cabral: “quando comemos, nosso cérebro recebe uma carga de dopamina, hormônio responsável pelo prazer”.
A dopamina é um neurotransmissor, sintetizado por certas células nervosas que agem em regiões do cérebro promovendo, entre outros efeitos, a sensação de prazer e a motivação. Por isso que tal neuro está ligado as dependências de jogos, álcool, sexo e drogas.
Assim, objetos sexuais comestíveis, prazer duplo (he-he-he).

 Falando sério…
Antes de oferecer a você, leitor, o leque de todos os apetrechos comestíveis, é necessário que se obtenha alguns cuidados na compra, no manuseio e principalmente na limpeza, seja qual for o produto que você irá utilizar.
1. Não compre produtos em lugares não especializados.
2. Certifique do uso correto de tais produtos.
3. Não se esqueça da higiene, quando possível, lave com sabão neutro antes de usar. 
Segundo o sexólogo Carlos Magno: “Os chamados toys ou brinquedos sexuais são usados como fetiche propriamente ditos. Eles servem para melhorar ou substituir as sensações sexuais, porém não se pode esquecer da higiene”. 

Vitrine (finalmente, não?)
Aqui vai uma lista dos produtos que você, leitor, pode utilizar para dar uma pitadinha na sua relação sexual:
Calcinhas: são feitas de gelatina bem fina para parecer com o tecido. Vestidas como uma calcinha normal, tais peças não precisam ser necessariamente “devoradas” (he-he-he), pois vão se derretendo aos poucos conforme o corpo da mulher vai ficando umedecido. É possível encontrá-las em diversos modelos e sabores, como chocolate, morango, caju, maçã verde, uva, entre outros.  Variam em torno de 15 a 37 reais.
Cuecas e Sutiãs: fabricados da mesma forma que as calcinhas, as cuecas e os sutiãs são menos procurados pelo público. Com sabores variados, tais peças custam aproximadamente 16 reais.
Brincos e anéis (sim, até isso!): em diversos formatos, como corações e borboletas, são produzidos da mesma forma que as calcinhas. O preço varia entre 6 a 8 reais.
Géis e óleos: com o objetivo de lubrificar e alguns de aquecer (não só a relação), tais produtos são utilizados para massagens corporais. Além de não possuírem calorias (he-he-he), esses apetrechos oferecem uma linha enorme de sabores (maçã com canela, chocolate, pêssego, menta, mel, chiclete, entre outros). Seu preço varia em torno de 4 a 120 reais.

Objetos sexuais comestíveis

Talcos: com a mesma função dos óleos, tais produtos possuem poucos tipos de sabores. Seu preço gira em torno de 26 reais.
Canetas: não é a caneta e sim a tinta que é comestível. Tais produtos possuem um gel que pode ser ingerido. Com muitos sabores (como leite condensado e doce de leite), essas canetas custam entre 7 a 30 reais.
Bolinhas: feitas com uma capa de gelatina, elas dissolvem através da umidade do corpo. Produzidas com óleo vegetal para serem ingeridas. Possuem a função de aquecer a área intima e ajudar na lubrificação. Só existem dois sabores no mercado, uva e menta, e uma marca que é aprovada pela ANVISA. Seu custo é em torno de 10 reais.
Velas: desenvolvida a base de manteiga e óleos vegetais para substituir a parafina. Usa-se como se fosse um óleo comestível, acendendo o pavio e deixando derreter por dois minutos. Não provoca queimaduras, pois tal produto aquece até a temperatura corporal. De chocolate, uva, trutti-fruit, as velas possuem preços que variam de 40 a 60 reais.
Camisinhas: sim, existem também as camisinhas comestíveis. Feitas também por gelatina, tais camisinhas possuem a função de fetiche e não de prevenção. Por isso, é preciso de cuidado para não confundirem com aquelas que possuem somente o sabor, pois essas previnem a gravidez e as doenças sexualmente transmissíveis. Seu preço gira em torno de 9 reais.

Dica para mulheres: entre tantos produtos, existe um batom que provoca a sensação de calor ou frescor. Com diversos sabores, este apetrecho sai em torno de 25 reais, não deixando de também hidratar e dar brilho aos lábios. Experimente!

Grande maioria das pessoas relata que depois de usar esses objetos sexuais, sejam comestíveis ou não, conseguiram fortalecer a sua relação. “Eu gostei. Uma maneira de inovar na relação. Eu já imagino 1001 utilidades para ela na minha mão”, disse Prendinha, no site Yahoo respostas, depois do uso da caneta comestível.

Então, caro leitor, não se intimide! Se sua relação anda de mal a pior, experimente esses objetos que podem ser grandes estimuladores, seus companheiros para que sua relação dê aquela alavancada.

Conte-nos sobre suas dúvidas e sugestões pelo e-mail blogpuravolupia@gmail.com e siga o @pura_volupia no Twitter!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: