h1

Quer ver um filme? Veja Pornochanchado!

25/03/2010

Por Juliana Narimatsu

Pornô. Filmes pornôs. Afinal, tais filmes possuem compromisso marcado todos os dias às duas da matina. Porém, não falarei explicitamente sobre filmes que exibem pornografia mesmo. E sim, discutirei sobre um assunto um pouco mais remoto. O Pornochanchado.

O Pornochanchado é um gênero do cinema nacional que surgiu, durante os anos 70, em São Paulo. A maior produção se encontrava na região central da cidade, um quadrilátero que se estendia pela Rua do Triumpho e suas adjacências, e era conhecida como Boca do Lixo (sem comentários). O Pornochanchado, influenciado pelas comédias populares italianas, foi, assim, apelidado, pois trazia elementos do gênero chanchada – predomínio de humor ingênuo, burlesco e de caráter popular –, além do erotismo. Entretanto, tais filmes não possuíam cenas de sexo explícito, diferente dos pornôs.

Mas, o que poucos sabem, é que o Pornochanchado foi um sobrevivente da censura.

Senta que lá vem história…
A ditadura militar. O AI- 5. A censura (e bota censura!). Neste período, entre os anos 60 e 80, o cinema, como qualquer mídia e produção artística, era constantemente asfixiado pela censura. Tal repressão era feita quando se observava qualquer manifesto contra o governo e suas atitudes. Assim, prateleiras e prateleiras ficavam amarrotadas pelas obras de arte, enquanto seus criadores eram exilados ou presos.

 
O jeitinho brasileiro de sempre…
Em 1932 houve o decreto de várias leis de obrigatoriedade de exibição de filmes brasileiros, dando um espaço para o Cinema Brasileiro. Dessa forma, surgiu a lei que obrigava as salas de cinema a exibirem uma cota de filmes nacionais por ano. E, embarcando nessa onda que o Pornochanchado atendia aos interesses do governo. Além de lotar as salas com seu baixo nível cultural e técnico e seu repertório sem compromisso político, tais filmes traziam bons lucros para o Estado. O Pornochanchado também contribuía fazendo com que o público esquecesse o período que estava vivendo.
  

Vera Fischer

Antonio Fagundes

E, através desses filmes, que vários diretores começaram a exibir seu talento, como Fauzi Mansur, Jean Garret, Alfredo Sternheim, Ody Fraga, Juan Bajon, entre outros. Os atores e atrizes também começaram a ganhar fama, e alguns conseguiram migrar para a televisão, como é o caso de Vera Fischer e Antonio Fagundes.

Entretanto, os filmes de Pornochanchado sofreram nos anos 80. Com o fim da lei das cotas de exibição de filmes nacionais e do surgimento de filmes que exibiam sexo explícito, o Pornochanchado começou a entrar em decadência.  

O mundo dá voltas. E os filmes de Pornochanchado também (he-he-he)
Após esse longo conhecimento que você, querido leitor, obeteve; o Pura Volúpia oferece uma ótima dica para aqueles que querem reviver o passado do Pornochanchado. Sim, no SESC Santana (Av. Luiz Dumond Villares, 579), até o dia 31 de março (falta pouco, galera!), se encontra a exposição “Musas da Boca”.

Lá, você, leitor, pode contemplar as fotos de algumas das musas que formaram o Cinema Nacional, como a Gloria Menezes, Helena Ramos, Sandra Brea, entre outras. Também é possível vislumbrar pôsteres e cartazes dos filmes. Além disso, o SESC exibiu, durante o mês de março, todas as terças-feiras, às oito da noite, filmes gratuitos da época, e, no mesmo dia, palestras sobre o assunto. 

A exposição

 

Pôster do filme "O Desejo"

Cartaz do filme "As Prostitutas do Dr. Alberto"

Na póxima terça, dia 30, confira o filme “Fantasias Sexuais” (1982) e um bate-papo com Máximo Barro, às 22h, sobre “As Mulheres no Cinema Brasileiro”. Não percam!
 
Conte-nos sobre suas dúvidas e sugestões pelo e-mail blogpuravolupia@gmail.com  e siga o @pura_volupia no Twitter!

3 comentários

  1. […] leitor, vai uma pipoquinha com o filme? Leia mais: Quer ver um filme? Veja Pornochanchado! Saiba mais de cinema em Vamos Falar de […]


  2. Gosto de “Rio Babilônia”!


  3. Ui! que blog mais caliente! hahaha Adorei os posts aqui meninas, vcs estão realmente buscando um mundo novo e trazendo aqui pro blog…legal!
    beijao!



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: